quinta-feira, 7 de maio de 2009

O Pai do Colombo


Acabei de chegar da inauguração do Dolce Vita Tejo, o maior Centro Comercial da Europa. Desta vez, não estão a exagerar. Levem o GPS se quiserem voltar a casa, a horas decentes. Um verdadeiro paraíso para compradoras compulsivas, e um inferno para quem as acompanha.

A festa contou com o ministro maizena, entre outras figuras tristes, que subiram ao palco para mandar uns bitaites: “Esta obra é importante para Portugal e em particular para a Amadora...” E tudo se calou. Como é que é? Nós estamos na Amadora?!. Ah pois é meus amigos. Isto do “Tejo” é só para disfarçar. Rio nem vê-lo. A coisa mais próxima deste Centro Comercial é uma coisa chamada “Moinhos da Funcheira” e outra denominada por “Casal da Mira”, locais que passam a estar no mapa depois desta abertura! É muito provável que o slogan do Dolce Vita Tejo passe de “É a tua cara” para “Vais levar na cara”. Mas não se preocupem, pois há muito espaço por onde fugir, os corredores são largos e compridos, e se disserem que vão da minha parte, tá-se bem, a malta é fixe, yo.

Ainda andei lá a perguntar, o porquê do nome “Tejo”? Ao que me esclareceram (sou mesmo ignorante), que há alguns anos atrás, mais precisamente no tempo da maria caxuxa, passava ali mesmo, o Rio Tejo, mas que entretanto secou. Claro, é óbvio!

Uma pequena nota para as obras que ainda decorriam, a algumas horas da sua abertura oficial amanhã, o que mostra a preocupação dos responsáveis em manter a tradição portuguesa, tal como acontecera com o seu filho Colombo, onde os martelos acompanharam os primeiros dias da vida do centro.

8 comentários:

  1. Delicioso!!! LOL

    Pepita

    ResponderEliminar
  2. Olha que estás a falar da minha terra .. ! Bjs Msm

    ResponderEliminar
  3. Sim, é verdade, estou aqui a publicitar a nossa peça intitulada: NU.

    6as e sábados às 22h no Bar Novo da Faculdade de Letras de Lisboa. Reservas: 221 799 0530.

    Porque gostamos de letras e de nos descobrirmos!

    Saudações Teatrais! =D

    ResponderEliminar
  4. Eu só tenho uma perguntinha... MAS PARA Q MAIS UM CENTRO COMERCIAL?! Eu, na minha zona, tenho dificuldade em saber onde vou, chegamos a fazer a ronda dos centros comerciais. Entre Montijo, Alcochete, Carregado, Almada e dp qd nos damos ao trabalho de atravessar p a outra margem, entre Colombo, Vasco, Amoreiras, Corte Inglês... and so on, ms p q?! E p q o maior da Europa... ms p q tanta megalomania... Oh gente, dormir à porta do centro comercial p ganhar 100 euros em compras? Quase q merecem o governo q têm, de tão parvinhos q são.lol É q os centros comerciais são todos próximos uns dos outros e... xaran! Têm todos as mesmas lojas!!!!

    ResponderEliminar
  5. Estou pra ver essa joinha na Amadora! 'Tou 'tou!


    A ver vamos! :)

    beijos!

    ResponderEliminar
  6. Nós é Centros Comerciais, Estádios de Futebol, TGV, etc... já maternidades e creches nem por isso.
    Portugal no seu melhor :)

    Just Me

    ResponderEliminar
  7. 1º Lugar, naão entendo o porquê de compradorAs compulsivAs quando já conheci homens que conseguem deixar em desespero muito boas mulheres, daquelas que querem sempre mais e mais!!!
    2ª lugar, como é que um país que só começa porque o filho espancou a mãe há-de ser alguma coisa jeitosa?!
    3º Lugar, venham estádios e Centros Comerciais e lagos artificiais e Tgv's e lojas de chineses com fartura que "a gente" gosta é de coisas que se vejam do espaço, tipo construções Mayas...
    E já agora apresento-me, sou amiga das bloguistas "Olha que três" que falaram bem da sua visão masculina da vida...

    Muito prazer e um Grande Bem-Haja :D

    ResponderEliminar
  8. Casal da Mira antes de tudo5 de junho de 2009 às 18:19

    Isto até estava a correr bem, quando chegaste - deixa-me tratar-te por tu, dado que em todo o caso não nos conhecemos :) - à parte de dizer mal do Casal da Mira & Moinhos da Funcheira City.

    Para quem não sabe, o esgoto, ou o escroto,
    nunca me lembro, da cidade da Amadora.

    No Dolce Vita, o monte que vês por acima da CRIL, é... uma lixeira enterrada...
    Ah pois, não sabias né?

    Obrigado Srs. Presidentes da C.M. Amadora...

    Mas tem mais... Central termoeléctrica nos Moinhos da Funcheira...

    Pedreira durante 20 ou 30 anos onde agora passa a CRIL...
    Ui que era tão bom, estar ao fim de semana em casa, sempre na expectativa de saber quando nos íamos cagar todos, ao rebentamento do próximo pau de Dinamite...

    Quando, finalmente as coisas começaram a melhorar - A lixeira foi enterrada (está lá, basta irem por cima, e vejam a quantidade de respiradores que estão no planalto entrentanto criado (2 conselhos: Não fumar, nem ficar por lá muito tempo. Com o primeiro evita-se explosão, com o 2º sair em cuecas...)), enterraram também alguns cabos que vinham da central e alcatroaram as ruas...
    Eis que espetam com um bairro social do piorio, com negros/ciganos - e bem sabemos como convivem estas comunidades - há que juntar-lhes bandidos em barda!!!

    Para melhorar, só faltava 1 centro comercial. Grande. Enorme.

    Parece que durante o primeiro dia, esteve a saque.

    Bem feito.

    Pode ser que aprendam. Certamente que não!

    ResponderEliminar